Arquivo da categoria: Falando sério…

Pessoas que recorrem a Deus na escola e qualquer outra merda.

Fim de ano, sempre deixa todo mundo preocupado, principalmente a mim. Passo o ano todo dormindo, nas aulas de história e bagunço pra cacete nas aulas de português. O que uma puta sacanagem da minha parti, mas essa onda de dormir nas aulas de histórias, me acompanha a mais de três anos.

Virou tradição…

O que me deixa abismado todo fim de ano, sãs os vagabundos of school, ou seres humanos desprovidos de seriedade.  Mas, quando chegar o final do ano, esses seres, que espalham a “alegria” para os colegas e professores, se tornam, santos.

Vão tentar enganar a mãe, falou ?

Leia o resto deste post

Aproveitando os feriados…

Well, após uma semana sem quase sair de casa graças a folga de uma semana, que a minha escola deu aos alunos, graças a feriados e a umas reformas bravas. Fico imaginando os caras que foram fazer reforma na escola, ter que trabalhar no feriado deve ser tenso.

Mas agora a folga acabou, e bate o desespero, e só agora eu reparei que eu não sai de casa pra fazer nada. Quer dizer, só comprar doces e refrigerantes.

Nunca dei muita ligança pra férias, até mesmo, porque antes eu fazia alguma coisa não férias, mas ai eu cresci um pouco, e conheci minha melhor amiga, a preguiça e o companheiro fiel dela, o tédio. Foi dormindo que eu pensei em fazer esse post, e foi dormindo também, que eu me lembrei de muita merda que eu fiz o ano todo, pra postar no texto do final do ano.

Pra vocês verem o quando eu estou adiantado nesse mundo.

Leia o resto deste post

Pronto, fudeu a porra toda.

[edit] Bom, o blog anda meio desatualizado, então passei a mão no assunto, como se não houve mais  escolhas. As chances da sua cabeça explodir, são muito altas.

***

Well, ontem rolou eleição, enquanto eu tentava fazer algo produtivo, grande parte de todo o Brasil, estavam falando sobre o mesmo assunto, qual torrou meus neurônios, até não poder sobrar nada. As coisas não mudaram hoje.

É sempre assim, entramos em época de eleições, é as pessoas começam a encher o saco de qualquer um em todos os lugares. E quando você menos espera, tua mãe, está assistindo propaganda eleitoral, ao invés de algo mais educativo.

A onda da política, começa a tomar as cidades, como se o oceano, estivesse engolindo todo o país.

Mas porque diabos eu estou escrevendo esse texto, que não passará dos 3 comentários ?

Eu explico, quer dizer, tento explicar…

Leia o resto deste post

Rapidinhas sobre o VMB 2010.

Ontem, aconteceu o VMB, que para quem não sabe, é o maior evento da música brasileira. Várias bandas e vários estavam concorrendo a tal premiação, onde todos já sabiam que ganharia e quem perderia.

Como no ano passado, me decepcionei com o VMB, não por quem ganhou e tudo mais.

Comparem o VMA com o VMB.

O VMA é sempre mais emocionante que o VMB. No VMB, teremos o eterno Marcelo Adnet, fazendo piadas, e um jogador de futebol para anunciar um prêmio.

Se vocês pararem para pensar, vão perceber que todo o ano a MTV fala que o VMB vai ser o melhor da história, e todo ano as mesmas merdas acontecem.

Leia o resto deste post

Retardamento…

Vivemos em um país onde dizem, eu disse dizem que seus cidadãos, podem se  expressar da forma que bem entende. Tento seus direitos, deveres e essas baboseiras todas ai que vocês já devem ter ouvido.

Mas quando, você se veste de uma forma diferenciada – e eu digo diferenciada, sem que uma porrada de gente usa – você é visto de forma diferente por 89% da população.

A mesma coisa acontece quando você escuta alguma música, qual todo mundo ouvi.

Em grande parte das vezes, essa ignorância da população é causada pelos pagodeiros, ou como eu prefiro chamar pseudos retardados, ou só retardados mesmo. Não que eu tenha algo contra os pagodeiros, sou igual a eles por chama-los de retardados.

Mas vejam bem…

Leia o resto deste post

Profissões boas demais para nós.

Trabalho é algo produtivo. Se é algo produtivo, não pode ser algo divertido. Isso é uma contradição, “produtivo” diferente de “divertido”.

No entanto o cara que teve a idéia de inventar o trabalho é um grande filho da MÃE. O responsável por esse ato não merece meu respeito, então decidi, fazer exatamente nada a respeito.

Trabalhar é algo que exige bastante concentração, algo que eu não tenho. Eu não trabalho, e por esse motivo eu arrumei um tempo para falar sobre algo que eu não faço a mínima idéia de como é.

Leia o resto deste post