Arquivo da categoria: Bobagens

Nunca dê um computador para o seu filho.

Há alguns  anos atrás, numa época de gladiadores, numa época em que eu ainda tinha alguns poucos amiguinhos e passava minhas maravilhosas tardes jogando bola na rua — correndo o risco de morrer atropelado, graças a imprudência  dos motoristas do nosso país — e me socializando com fêmeas do sexo aposto.

Foi uma boa época,  interrompida no verão de 2008. Eu estava no auge dos meus 11 anos de idade quando meus pais resolveram me dar o meu primeiro computador (que por acaso é exatamente esse qual uso para escrever esse texto).

Parece que foi ontem. Meus pais estavam me levando para escolher um computador que me agradasse, mas no fim das contas, foram eles quem escolheram.

Eles nem imaginavam que esta máquina levaria o filho deles para o caminho da perdição, muitos menos que um dia ele faria um blog e relataria esse acontecimento, muito menos ainda, que um dia, ele trairia toda uma geração, dando motivos para que os respectivos pais não comprem computadores para suas crias, e os motivos são:

Leia o resto deste post

Anúncios

Você caiu numa armadilha.

Você acaba de entrar em um blog secreto, seu computador se auto-destruirá em 15 segundos.

 

 

 

Eu não tinha nada melhor pra fazer.

Se eu tivesse um death note, eu não te diria.

Quando eu decidi fazer este blog, eu estava prestes fazer 13 anos e a minha vida não era lá muito legal (não que hoje seja legal, é que hoje ela é menos pior).

Minha vida era resumida em ir pra escola e baixar episódios do death note.

Caso você sempre tenha tido uma pré-adolescência fodidamente animada, há grandes chances de que você tenha feito coisas mais bacanas e não saiba do que se trata esse negócio. Pois bem

Leia o resto deste post

Aproveitando os feriados…

Well, após uma semana sem quase sair de casa graças a folga de uma semana, que a minha escola deu aos alunos, graças a feriados e a umas reformas bravas. Fico imaginando os caras que foram fazer reforma na escola, ter que trabalhar no feriado deve ser tenso.

Mas agora a folga acabou, e bate o desespero, e só agora eu reparei que eu não sai de casa pra fazer nada. Quer dizer, só comprar doces e refrigerantes.

Nunca dei muita ligança pra férias, até mesmo, porque antes eu fazia alguma coisa não férias, mas ai eu cresci um pouco, e conheci minha melhor amiga, a preguiça e o companheiro fiel dela, o tédio. Foi dormindo que eu pensei em fazer esse post, e foi dormindo também, que eu me lembrei de muita merda que eu fiz o ano todo, pra postar no texto do final do ano.

Pra vocês verem o quando eu estou adiantado nesse mundo.

Leia o resto deste post

Nerds VS Dominação mundial.

Enquanto meu pai, dava um bimbada na minha mãe, enquanto ela ainda era gostosa, para que eu fosse posto nesse mundo du-ca-ra-lho, ao som de qualquer música brega – graças a G-ZÚS, não puxei o gosto musical dos meus pais né.

Quando eu tinha oito anos, eu era uma criança normal – é quase impossível de se acreditar – acredite. Eu perdia meu tempo, assistindo Dragon Ball Z, Bob Esponja e Yu-Gi-Oh!.

Hoje, crianças de oito anos, passam horas na internet, em busca de sites pornôs, para  manifestarem, com suas mãos, e contar aos coleguinhas sobre a putaria aventura, que vivenciou.

Leia o resto deste post

Psicologia reversa, to sabendo

Já deve ter passado pela cabeça de um monte de vocês – me refiro a todos vocês – a idéia de passar a perna do teu velho, para ir  a casas notur… PARQUE DE DIVERSÃO.

Sempre que você assiste um filme, que envolve adolescentes que colocam cestas de basquete na parede do quarto, andam de skate na escola e seu melhor amigo é um nerd que usa óculos, qual no final vai ficar com todas as gatinhas, enquanto os pais se enchem de orgulho.

Em todo filme que a história é basicamente essa, o personagem principal, usa de maneira surpreendente a “psicologia reversa”  para tapear aqueles que os puseram no mundo.

Leia o resto deste post

Escola, um ciclo de maldade.

Quando você é um  adolescente – sem muito o que fazer – como esse humilde blogueiro que vos fala – escreve, entenda como quiser. Certamente, você é mais um viciado em internet que passa o tempo a  ler blogs, para dizer a mamãe, que está fazendo um trabalho da escola.

Por falar em escola, essa cadeia que lhe prende desde que você era apenas um procedimento mal sucedido dos seus pais, até antes da sua vinda a este mundo malicioso, onde uma mãe obesa poder vir  à matar o filho por uma caixa de chocolate.  Escola, atrapalhando tua vida desde de 1896 antes de Cristo, – vocês entendem .

A escola para quem não sabe, é uma cadeia para crianças e adolescentes, onde todos os pais maldosos, fazem os filhos passarem grande parte do dia, ou da vida, com a intenção de tornarem seus filhos os melhores dos melhores, mas nós somos em maioria, grandes filhos da puta, e não escutamos porra de nada do que os professores dizem, e quando algum lhe faz uma pergunta você responde assim… ahh, é isso mesmo professor.

Leia o resto deste post

Ornitorrincos.

Hoje dia do amigo, mais ninguém se importar principalmente se  esse alguém for a pessoa mais anti-social desse mundo, e eu não estou falando de mim. Não tenho a quantidade de amigos suficiente para encher o maracanã e ainda sobrarem pessoas no lado de fora de estádio, mas tenho um número considerável de amigos e amigas  para que ocupem um número legal daquelas cadeiras.

O dia dos amigos, é uma data tão  sem graça, que lhe obrigam a ir a escola no dia dos amigos.

Se em algum feriado ou data comemorativa – qual a diferença ? – lhe obrigam a ir a escola, eu sou contra essa data. Além de ser uma data um pouco falsa.

Leia o resto deste post

Antes das provas.

Talvez esse seja meu ultimo texto, até o próximo domingo, o recesso da minha escola acabou e tenho que estudar, caso não queira repetir de ano.

São mais ou menos 6 meses fazendo textos aqui pro blog, e desde do começo não tive sérios problemas. Logo quando fiz o blog publiquei 2 posts, mas cai entre nós, eu não tinha capacidade suficiente para escrever nada, sinto que até hoje não tenho, mas de alguma forma são bem mais legais que os primeiros textos.

No dia que criei o blog, fiz uma puta de uma divulgação para mais ou menos umas 40 pessoas, essas que divulgaram para os amigos, para os pais, para o cachorro, para o papagaio, não sei… mas eles ajudaram a divulgar, totalizando no final, quase 120 visitas. Qual é, 120 visitas no primeiro dia não é pra qualquer um não.

Hoje em dia, é bem difícil manter um blog com acessos regulares, graças a existência dos vlogs , as pessoas simplesmente estão perdendo o interesse em ler um blog ou algo similar.

Leia o resto deste post

O tempo passa.

Como se repete todo ano, o recesso escolar acaba, e junto com ele, minha tranquilidade vai embora, nunca descobri se isso é bom ou ruim, quando o recesso da minha escola acaba o das pessoas que realmente mim interessam nesse mundo internético cheio de pegadinhas, começam logo quando o meu acaba, o que mim deixa um tanto quanto puto.

Meu colégio da férias em junho, já os das pessoas que vivem comigo na internet começam mais ou menos em julho. Durante 2 semanas passei manhãs na internet, que não mim proporcionou nada de interessante – caramba é pedir demais ? -, agora, quando todos ficam brincando durante a manhã no twitter, postando piadinhas piores que as minhas, eu não estou lá pra presenciar esse momento idiota do dia.

Mais o legal em voltar para aquele lugar que nós adolescentes chamamos de prisão e os mais velhos chamam de escola, é encontrar com todo mundo que sumiu durante esse período melancólico, qual chamam de recesso, que usamos para dormir das melhores formas possíveis.

Adolescentes  que tem blog, e usam a forma de pensar do Ronald Rios na hora de escrever algo, não é lá uma pessoa que tem muito o que fazer, não acha ?

Leia o resto deste post